.

.

quinta-feira, 22 de março de 2012

PENITÊNCIA OU INFERNO!
"Se não fizerdes penitência, perecereis todos do mesmo modo" (Lc 13,5).
E que é penitência? É reparação dos nossos pecados, das nossas ofensas e do mundo inteiro contra o amor e a bondade de Deus, através do arrependimento e do sacrifício de si mesmo.
Desprezando essa penitência suave, teremos que supri-la com penitências mais duras “sob cilício e cinza” (Mt 11,21), “cobrindo-se de saco e cinza” (Lc 10,13), "para que seja reduzido à impotência o corpo (outrora) subjugado ao pecado, e já não sejamos escravos do pecado" (Rm 6,6), "para mortificação do seu corpo, a fim de que a sua alma seja salva no dia do Senhor Jesus" (1Cor 5,5). Com o mesmo temor que sentia o Apóstolo: "Castigo o meu corpo e o mantenho em servidão, de medo de vir eu mesmo a ser excluído depois de eu ter pregado aos outros". (1Cor 9,27).
O que falta às tribulações de Cristo, completo na minha carne, por seu corpo que é a Igreja". (Cl 1,24) "Trabalhos e fadigas, repetidas vigílias, com fome e sede, freqüentes jejuns, frio e nudez!" (2Cor 11,27) "... este é um homem perfeito, capaz de refrear todo o seu corpo". (Tg 3,2).
Mas é preciso o nosso ato de OFERECIMENTO-  a gente oferece as agruras de nossa vida diária que o Papa chama de “pequenas alfinetadas”da vida, assim como “as pequenas canseiras” de cada dia.
Sem o oferecimento tudo isto é DESPERDIÇADO e não conta pontos para a Eternidade! Com o MESMO oferecimento reparamos também os pecados alheios, purificando o Mundo, tornando-o apto a receber Jesus quando regressar na Sua Glória.
Tudo oferecemos a Jesus pelas mãos de Maria Santíssima, ela ensinou em Fátima uma breve oração, sempre que fizermos algum sacrifício: "Ó meu Jesus! É por vosso amor, pela conversão dos pecadores, pelo Santo Padre e em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria!"
A Penitência foi um pedido específico de Nossa Senhora em Lourdes. Ela pedia que se fizesse penitência por si e pelos pecadores.
À pequena vidente Bernadete (foto abaixo), primeiro, ela pediu que comesse algumas ervas amargas e beijasse o chão como penitência pela conversão dos pecadores. Depois disse à menina: vai beber da fonte e lavar-te nela, indicando um local dentro da gruta, onde Bernadete cavou e começou a brotar água misturada com lama, também em penitência por si e pela conversão dos pecadores.
Na oitava aparição, a Senhora pedia que se fizesse penitência e se orasse o Rosário pela conversão dos pecadores.
Estimulada por um extraordinário zelo das almas, a Jacinta de Fátima parecia mesmo insaciável na prática do sacrifício. Conta sua prima que, certo dia, um vizinho ofereceu-lhes uma boa pastagem para o seu rebanho. Estavam nos dias mais quentes do verão.
Sob um sol escaldante, a sede era cada vez maior e não havia um pingo de água para beber. A princípio, ofereceram o sacrifício com generosidade pela conversão dos pecadores. Mas, depois do meio-dia, era difícil resistir...Lúcia propôs de irem a um lugar próximo, pedir um pouco de água. e lá foi ela bater à porta de uma velhinha, que, ao dar-lhe uma bilha com água,
Em seguida, entregou a bilha ao Francisco e lhe disse que bebesse.
- Não quero beber.
- Por quê?
- Quero sofrer pela conversão dos pecadores.
- Bebe tu, Jacinta!
- Também quero oferecer o sacrifício pelos pecadores.
Resultado: a água foi toda deixada na cova de uma pedra, para que dela bebessem as ovelhas..
Pense nisso, e você que sacrifícios tem oferecido a Deus pela salvação se sua alma?


terça-feira, 20 de março de 2012

O ROSÁRIO NÃO É OPCIONAL!
Nossa Senhora repetiu isto em todas as aparições. Disse que "todos devem rezar o Rosário todos os dias".
Quando a Mãe de Deus nos dá uma ordem que vem do Trono de Deus no Céu, não temos a liberdade de a rejeitar. Torna-se essencial deste esse momento. E Nossa Senhora indicou claramente que devemos rezar o Rosário todos os dias. Isto é uma ordem. Não é uma sugestão. Não é uma coisa que podemos aceitar ou rejeitar.
Interessante notar que a Irmã Lúcia se refere ao tempo em que vivemos como ‘estes últimos tempos.’ — "A Santíssima Virgem, nestes últimos tempos em que vivemos, deu

nova eficácia à oração do Santo Rosário ..."
Nova eficácia, mais poder. Se o Santo Rosário, no passado, foi como pólvora, agora é como uma arma nuclear, foi o que ela disse — nova eficácia.
Como é que alguém pode dizer que quer salvar a alma e ao mesmo tempo se recusa a rezar fielmente o Rosário? Isto não faze sentido. Eu diria que quem não reza o Rosário e diz que quer ir para o Céu está a contradizer-se, especialmente depois de Nossa Senhora nos ter dito que

devemos rezar o Rosário.
Mas há esperança para nós, e essa esperança é o Imaculado Coração de Nossa Senhora. E a chave do Seu Coração é o Seu Santo Rosário. A Mensagem do Rosário é uma mensagem de esperança. Nossa Senhora não mostrou aos pastorinhos a visão do inferno para os desanimar.
Foi para os encorajar no caminho da verdade e da virtude.Para os confirmar no caminho certo.

OS SACERDOTES DEVEM REZER O ROSÁRIO!
S. Luís de Monfort dizia: "mesmo que estiverdes à beira da condenação, mesmo se estiverdes com um pé no inferno, mesmo se tiverdes vendido a alma ao diabo, mais tarde ou mais cedo converter-vos-eis. O Céu emendar-vos-á as vidas e salvará as vossas almas se rezardes devotamente o Rosário todos os dias das vossas vidas."
Meus caros amigos sacerdotes e leigos, devemos comprometer-nos a rezar o Rosário. Por pior que tenha sido o dia. E há dias em que não conseguimos rezar os Quinze Mistérios — simplesmente, há dias assim. Mas não devemos deixar passar um dia em que não encontremos tempo suficiente para obter as graças de Nossa Senhora e de Nosso Senhor, rezando ao menos o Terço.
É, pois, preciso rezar o Terço, nas Cidades, nas Vilas e nas Aldeias, pelas ruas, pelos caminhos, de viagem ou em casa, nas igrejas e capelas! É a oração acessível a todos, e que todos podem e devem rezar. Há muitos que diariamente não assistem à oração litúrgica da Santa Missa; Se não rezam o Terço, que oração fazem?! E, sem oração, quem se salvará ?! —«Vigiai e orai para não entrardes em tentação».
Quanto à repetição das Ave-Marias, não é como querem fazer crer que seja uma coisa antiquanda. Todas as coisas que existem e foram criadas por Deus, se mantêm e conservam por meio da repetição, continuada sempre, dos mesmos actos. E ainda a ninguém se ocorreu chamar antiquado ao sol, lua, estrelas, aves e plantas, etc., porque giram, vivem e brotam sempre do mesmo modo! E são bem mais antigos que a reza do Terço! Para Deus, nada é antigo.
São João diz que o Bem-aventurados, no Céu, cantam um cântico novo, repetindo sempre; Santo, Santo é o Senhor, Deus dos Exércitos! É novo, porque, na luz de Deus, tudo aparece com novo brilho! 




domingo, 18 de março de 2012

SALVE SÃO JOSÉ!
Depois de Nossa Senhora, o Santo mais privilegiado por Deus é São José. Era a ele que o Filho de Deus chamava de “pai” nesta terra.
São José, guarda fiel dos mistérios da salvação"
Quando a bondade divina escolhe alguém para uma graça singular, dá-lhe todos os carismas necessários, o que aumenta fortemente a sua beleza espiritual. Foi isso mesmo o que aconteceu em S. José, pai de nosso Senhor Jesus Cristo segundo a lei e verdadeiro esposo da Rainha do mundo e Soberana dos anjos.
O Pai eterno escolheu-o para ser o sustento e o fiel guardião dos seus principais tesouros, isto é, do seu Filho e da sua esposa; função que ele cumpriu com toda a fidelidade. Por isso, o Senhor lhe disse: "Servo bom e fiel, entra na alegria do teu senhor" (Mt 25,21).
Se comparares José a todo o resto da Igreja de Cristo, não vês que ele foi o homem particularmente escolhido, pelo qual Cristo entrou no mundo de uma maneira regular e honrosa? Se toda a Santa Igreja é devedora para com a Virgem Maria porque foi ela que lhe permitiu receber Cristo, após ela é a S. José que devemos um reconhecimento e um respeito sem igual.
A ordem dada a São José, de receber Maria como esposa. É o fim do Antigo Testamento e o começo do Novo. Ele é o patriarca, o grande pai.
A fuga para o Egito e a volta lembram a história de todo o povo de Israel - o Êxodo. Portanto, São José é o amigo do povo, dos pobres, dos pequeninos, dos perseguidos e dos sofredores.
Da Bíblia, recebeu ele o título maior que ela costuma dar a alguém: Justo. São José era um homem "justo". Tanto a Idade Média quanto os tempos modernos lembraram muito São José como modelo para o lar e, também, para o operário, o trabalhador.
A simplicidade e a fidelidade fizeram de São José o protetor escolhido pelo céu para Maria e para o próprio Jesus, bem como para todos nós.
'COMO NA SANTÍSSIMA TRINDADE DO PAI , DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO AS TRÊS PESSOAS TÊM UM SÓ CORAÇÃO, ASSIM NA TRINDADE DE JESUS, MARIA, JOSÉ, OS TRÊS CORAÇÕES FORMAM UM SÓ CORAÇÃO” (São João Eudes)
"Procurava eu fazer a festa de São José com toda a solenidade que podia..." (Santa Teresa de Jesus)
Sendo o Pai adotivo de Jesus, São José é também Pai adotivo do Seu Corpo Místico que é a Igreja,
São José ama-nos, pois, como ama a Jesus.
São José é o Padroeiro da Igreja Católica (Universal) e nenhum problema nosso, portanto, pode lhe ser indiferente. Invoquemo-lo, pois, cheios de confiança.
Os homens ignoram os privilégios que o Senhor concedeu a São José, e quanto pode sua intercessão junto a Deus. Somente no dia do juízo os homens conhecerão sua eminente santidade, e chorando amargamente por não haverem conhecido e se aproveitado deste meio tão poderoso e eficaz para sua salvação e alcançar as graças de que necessitam.”
(Nossa Senhora à Irmã Maria de Agreda)


sábado, 17 de março de 2012

FESTA M.I.S.S.A - DEBOCHE A FÉ CATÓLICA
Aberração e ofensa a católicos acontecerá novamente no Rio de Janeiro. Permitiremos tal ofensa?
O "Movimento dos interessados em levar sua alma ao inferno" irão promover mais uma vez na cidade do Rio de Janeiro (Brasil) nas vésperas da Páscoa a maldita festa paródia chamada de "MISSA"  onde garotas semi-nuas se vestem de freiras, usam cálices cheios de camisinhas e DJ's se vestem de bispos e cardeais para 'animar' seus súditos e 'sacudir' suas almas...
Pedimos a todas as entidades católicas no Rio de Janeiro que tomem as devidas providências para impedir mais este ultraje contra a Igreja católica.
No dia 24 de março de 2012, a apenas duas semanas das comemorações da Páscoa de Nosso Senhor Jesus Cristo, está agendado mais uma vez a nefasta Festa M.I.S.S.A (Movimento dos Interessados em Sacudir Sua Alma), que escarnece e tripudia dos símbolos católicos em meio a ofensas a Santa Igreja.
Não foi por acaso que em Lourdes e em Fátima Nossa Senhora apareceu pedindo penitência e a oração do rosário pela conversão dos pecadores e mostrando o inferno pois muitas almas vão ao inferno pois já não querem mais saber de Deus e acham que a vida é apenas esta breve passagem nesta terra.
TEREMOS DE APRERSENTAR CONTAS A DEUS DE NOSSAS AÇÕES!
Entre neste link e assine essa petição, que é para que seja proibido o uso de símbolos católicos nessa festa do demônio e para que seus líderes e organizadores parem de escarnecer nossa FÉ CATÓLICA.

quarta-feira, 14 de março de 2012

OS CATÓLICOS ADORAM SANTOS?
Abraão levantou os olhos e viu três homens de pé diante dele. Levantou-se no mesmo instante da entrada de sua tenda, veio-lhes ao encontro e prostrou-se por terra" (Gn 18,2)
O texto sagrado testemunha que Abraão prostra-se ao ver os três anjos do Senhor. Devemos acusar o Patriarca de idolatria? Obviamente que Abraão não estava adorando os anjos, pois se fosse este o caso eles o teriam repreendido, como fez o anjo que revelava o apocalipse a S. João (cf. Ap 22,8-9). Entretanto, Abraão estava prestando-lhes culto de reverência, reconhecendo a condição superior dos anjos de Deus.
Nós católicos quando nos ajoelhamos diante das imagens dos santos e lhe fazemos pedidos, não estamos adorando ídolos, mas dirigindo nossa súplica aos nossos irmãos na fé que representados por suas imagens já se encontram na presença de Deus.
O ajoelhar-se do católico aí é um ato de súplica e não de adoração.
Com efeito, ensina o Catecismo da Igreja Católica”
956. A intercessão do santos. “Pelo fato de os habitantes do Céu estarem unidos mais intimamente com Cristo, consolidam com mais firmeza na santidade toda a Igreja. Eles não deixam de interceder por nós ao Pai, apresentando os méritos que alcançaram na terra pelo único mediador de Deus e dos homens, Cristo Jesus. Por conseguinte, pela fraterna solicitude deles, nossa fraqueza recebe o mais valioso auxílio” (Lumen Gentium 49)
A bíblia condena expressamente a fabricação de ídolos. Ídolo é um falso deus, algo ou alguém que é colocado ou se coloca no lugar do verdadeiro Deus. Qualquer coisa pode se tornar um ídolo. Dinheiro, ou a busca incessante da prosperidade, ou ainda, a felicidade e a benção de Deus acontece somente se você é próspero financeiramente ou se não tem doença alguma. Ora, isto sim é contrariar as ordens de Deus.
Imagens são apenas representações artísticas, com objetivo único de embelezar, nos fazer lembrar de pessoas que são um exemplo para nós. O ato de ajoelhar-se diante das imagens não significa adoração e sim homenagem. Nenhum católico acredita que as imagens tenham algum poder sobrenatural, ou que vai falar, andar ou dançar.
 "Para o interior do Santo dos Santos, mandou esculpir dois querubins e os revestiu de ouro.” (conf. 2 Crônicas 3,10-14)
Só no catolicismo se adora a Deus, pois na Santa Missa é renovado e oferecido a Deus o sacrifício do cordeiro imaculado que é Nosso Senhor Jesus Cristo, conforme sua própria prescrição (Mt 14,22-25; Lc 22,17-20; 1Cor 11,23-29).
Na Sagrada Escritura há passagens que condenam a confecção de imagens como, por exemplo: Lv 26,1; Dt 7,25; Sl 97,7 e etc.
 Mas também há outras passagens que defendem sua confecção como: Ex 25,17-22; 37,7-9; 41,18; Nm 21,8-9; 1Rs 6,23-29.32; 7,26-29.36; 8,7; 1Cr 28,18-19; 2Cr 3,7,10-14; 5,8; 1Sm 4,4 e etc.
Pode Deus infinitamente perfeito entrar em contradição consigo mesmo? É claro que não.
 E como podemos explicar esta aparente contradição na Bíblia? Isto é muito simples de ser explicado. Deus condena a idolatria e não a confecção de imagens. Quando o objetivo da imagem é representar um ídolo que vai roubar a adoração devida somente a Deus, ela é abominável. Porém quando é utilizada ao serviço de Deus, no auxílio à adoração a Deus, ela é uma benção.
A beleza e a cor das imagens estimulam a minha oração. É uma festa para meus olhos, tanto quanto o espetáculo do campo estimula meu coração a dar glória a Deus”
.

sábado, 10 de março de 2012

ORAÇÃO DE LIBERTAÇÃO ESPIRITUAL
Bem-aventurado os que resistem à tentação. Os que passarem pelo teste receberão a coroa da vida que o Senhor prometeu para aqueles que o amam”.(Tg 1,12)
Jesus disse: Vigiai e orai para não cairdes em tentação; o espírito está pronto, mas a carne é fraca”.(Mt 26,41).
Senhor Jesus, reconheço-Te como meu salvador, como meu libertador. Tu és o filho de Deus que devias vir a este mundo e que por mim morrestes na Cruz e ressuscitaste para vencer a morte e ela não tem mais poder sobre mim. Creio que somente em Ti há a vida em plenitude, por isso quero Te consagrar a minha vida, aceitando o meu baptismo. Creio que fui baptizado e que o meu nome esta escrito no livro da vida, como filho de Deus. Assumo que os meus pais me levaram à Igreja juntamente com os meus padrinhos para proclamar esta fé.
Por isso eu consagro agora os meus olhos para que eu possa ver como Tu vês todas as coisas; consagro-Te os meus ouvidos para que eu possa ouvir somente as tuas palavras e não outras vozes; consagro-Te a minha boca para que eu possa proclamar as tuas verdades e nada mais; consagro-Te os meus pensamentos, vontade e desejos, que eles sejam revestidos da Tua sabedoria; consagro-Te o meu estômago, os meus braços, as minhas pernas, a minha sexualidade e peço, Senhor que me laves e me libertes com o Teu sangue redentor, queima em mim toda e qualquer contaminação.
Diante desta consagração estou pronto a renunciar a toda a contaminação que me aconteceu, pois, não conhecendo bem a tua palavra, fui ignorante na minha caminhada, acabei envolvido nas trevas do erro, o inimigo aproveitou-se e contaminou-me com o seu dardo maligno, mas descobri os meus erros e os caminhos que percorri.
Quero renunciar pelo seu sangue redentor a todo e qualquer envolvimento com as forças malignas, renuncio a todo e qualquer envolvimento com as benzedeiras; todo e qualquer mau-olhado; tudo o que fiz às outras pessoas de maldição, feitiço, magia negra, que desejei de sofrimentos e que elas pagassem o que me fizeram, renuncio a tudo pelo sangue de Jesus.
Senhor, na minha inocência, quantas impurezas fiz e pensei, mas agora não aceito mais nada disto, e renuncio pelo sangue redentor de Jesus, pedindo-Te que me laves e me libertes deste mal.
Renunciando a toda e qualquer falsa enfermidade, dores inexplicáveis no meu corpo, doenças mentais, psicológicas, depressão, espírito de solidão; tudo rejeito de mim e das outras pessoas; todo e qualquer espírito de obsessão, opressão, contaminação e possessão, não aceito nenhuma entidade espírita ou qualquer espírito maligno tocar em mim, usar de mim os meus sentidos (tato, olfato, paladar, visão e audição); nem mesmo as minhas lembranças ou mesmo o meu passado com acusações seja de quem for, mais do que nunca quero perdoar a quem me ofendeu e me causou prejuízos, me causou danos físicos ou morais, lava-me Jesus, destes males com o Teu sangue redentor.
Quero perdoar em nome de Jesus, a todas as pessoas que estão envolvidas no erro, na ignorância da fé, e Te peço perdão Senhor, por ter levado pessoas a lugares ou mesmo nomes de pessoas, ou ter envolvido alguém nesta situação. Dai-me a graça de os resgatar para Ti, eu estou arrependido de Ter cometido tais males, lava-me Jesus com o teu poder; por isso agora quero Te louvar e bendizer pela vida nova que recebo de Ti, peço que o Teu Espírito Santo seja derramado sobre mim até ao último dia da minha vida sobre a face da terra. Amem!

A Cruz Sagrada seja minha luz!
Não seja o dragão o meu guia!
Retira-te Satanás, nunca me aconselhes coisas vãs
é mau o que tu ofereces.
bebe tu mesmo o teu veneno!


Eu, em Nome de Jesus, ordeno-vos que saiam de mim, de minha casa, de minha família (cônjuge, filhos...) e dos meus amigos de comunidade, todas as forças espirituais do mail que possam ter nos contaminado, e ordeno que vão se prostrar aos pés da Cruz do Senhor Jesus e os proíbo de voltar.
Que saiam também agora, toda a fúria do inimigo e todo o dardo inflamado lançado contra nossos bens materiais, contra nosso organismo físico, contra nossa mente ou nosso espírito.
Neste momento, Senhor Jesus, eu me lavo com Teu Sangue preciosíssimo, e também lavo Nele todas as pessoas que comigo convivem. Teu Sangue seha para nós cobertura e protecção, e que o Divino Espírito Santo renove em cada um de nós Sua unção, Sua força e Seu poder. Pela poderosa intercessão da Virgem Maria, de seus Anjos e Santos. Amém.
Ó Nossa Senhora de Lourdes, libertadora dos flagelos e enfermidades, nós nos lançamos aos vossos pés com o coração cheio de amargura e de confiança no vosso auxílio. Somos pecadores sim, mas filhos vossos. Após termos deixado a casa do Pai, fomos conduzidos pela soberba ilusão de construir um mundo feliz sem Deus e contra Deus. O maligno inspirou ao homem este ímpio propósito e o homem o levou adiante com blasfémias constante. Mas agora, este mundo, distante de Deus e cheio pecados cai sobre nós e nos esmaga.
Não temos a coragem de nos apresentarmos diante de Deus, que com nossas ingratidões o abandonamos e o seu amor desprezamos, rejeitando assim a sua misericórdia. Por isso, recorremos a vós, nossa Mãe terníssima, Advogada nossa, com a consciência de termos pecado contra o céu e contra a terra, e com firme propósito de nos afastarmos do mal, para encontrarmos na oração e na penitência o caminho da conversão que conduz a Deus.
Liberta-nos, por isso, ó segura esperança dos Cristãos, liberta-nos de todo flagelo, afasta a cólera divina das nossas casas, da nossa Pátria, do mundo inteiro. Nós por todas as nossas necessidades nos entregamos ao vosso Coração Imaculado, no qual procuramos refúgio nas duras horas de expiação, força nas horas de tremenda purificação, certeza no triunfo do vosso Filho Divino, que na cruz temos a arma da nossa luta e da nossa vitória e a coroa da nossa felicidade. Amém!
São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contras as maldades e ciladas do demónio, ordene-lhe Deus, instantemente vos pedimos e vós príncipe da milícia celeste, pelo Divino Poder, precipitai no inferno a Satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Assim seja.

quinta-feira, 8 de março de 2012

O Padre Paulo Ricardo, sacerdote da nossa Igreja Católica no Brasil, pertencente ao clero da Arquidiocese de Cuiabá (Mato Grosso), reitor do Seminário Cristo Rei, na mesma cidade e ordenado desde 1992, pelo Papa Joao Paulo II, foi diretamente atacado por sacerdotes pertencentes à sua própria arquidiocese por se sentirem incomodados com suas palavras proferidas no último dia 20 de fevereiro.
O ataque ao padre foi feito através de uma carta com graves acusações à sua pessoa, inclusive à sua sanidade mental, desrespeitando completamente a sua autoridade como sacerdote da Igreja.
Veja abaixo o trecho final da carta:
“... Solicitamos, portanto, de Vossas Excelências Reverendíssimas que Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior seja imediatamente afastado das atividades de magistério no Sedac e das demais atividades por ele desenvolvidas nas diversas instituições formativas sediadas na Arquidiocese e fora dela tais como direção espiritual de seminaristas, palestras, conferências e celebrações, pois não tem saúde mental para ser formador de futuros presbíteros. Pedimos também que seja afastado de todos os meios de comunicação social em todo e qualquer suporte, isto é, meios eletrônicos, meios impressos, mídias sociais e rede mundial de computadores.”
Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, ao contrário do que se diz na carta, não tem apresentado prejuízo algum à Igreja, pelo contrário, pelo que me consta é bacharel em teologia e mestre em direito canônico pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma). Atualmente, leciona nos cursos de Filosofia e Teologia. Desde 2002, a Santa Sé o nomeou membro do Conselho Internacional de Catequese (Coincat), da Congregação para o Clero.
Mantém uma grande evangelização na Internet, através da qual disponibiliza aulas, palestras, homilias, textos e análises.
Como podemos ficar calados diante de tamanho ataque de Satanás através dos sacerdotes da nossa Igreja???
 O Papa Paulo VI disse em 1972 que “a fumaça de Satanás” tinha penetrado na Igreja por alguma fenda.Os bons sacerdotes estão sendo ATACADOS, PERSEGUIDOS, e os sacerdotes que não concordam com eles estão cada vez atraindo mais pessoas para as suas ideias, como se elas fossem boas. A Igreja é Una, Santa, Católica e Apostólica e fundada por JESUS CRISTO! Mas os verdadeiros seguidores de Cristo são perseguidos e caluniados: “Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós.” (Mt 5, 11-12).
Precisamos estar de olhos abertos e com o coração em Deus para percebermos as artimanhas de Satanás para destruir a Igreja de Cristo.
Contudo, nós sabemos que ela jamais será destruída, pois está edificada sobre a ROCHA que é JESUS!


Deixe sua assinatura ABAIXO através de um COMENTÁRIO dizendo que você apóia o Padre Paulo Ricardo e é contra este pedido dos sacerdotes da Diocese de Cuiabá.
Façamos com que nossa opinião seja ouvida e vista! Precisamos nos posicionar a favor dos bons sacerdotes que estão em comunhão com o Papa.
Acesse agora o site
 http://www.peticoesonline.com/peticao/em-apoio-ao-pe-paulo-ricardo-de-azevedo-junior/395
e vamos combater o ódio com o amor. Vamos mostrar que para cada página de ódio dessa carta aberta há milhares de pessoas amando este sacerdote, amando a liberdade de expressão e alegres por estarem na comunhão tão incentivada por padre Paulo Ricardo.

domingo, 4 de março de 2012

ELA VEIO EM NOSSO SOCORRO!
Onde Nossa Senhora pousou seus pés imaculados abriram-se fontes inesgotáveis de graças e de milagres, que hoje atraem milhões de pessoas!
Em Lourdes, Nossa Senhora fez um primeiro apelo maternal que depois renovou em Fátima, porém acenando com horizontes trágicos e misericordiosos caso suas palavras não fossem levadas a sério. Bernadete Soubirous, jovem camponesa, pobre, analfabeta e muito doente, era de uma simplicidade sem igual, de uma pureza transparente e de um coração extremamente generoso, virtudes essas que em tudo expressam a preferência de Deus.
Era o dia 11 de Fevereiro de 1858, no rigor do inverno dos Altos Pirinéus, aldeia de Lourdes, quando Bernadette, sua irmã e uma amiga, saíram por buscar lenha para aquecer o pequeno casebre onde moravam e também para cozinhar a pobre refeição nocturna de que dispunham.
Ao passar diante da Gruta de Massabiele, ouviu um barulho como se fosse a rajada de um vento forte. Olhando para cima, viu uma senhora de grande beleza, envolta por um deslumbrante resplendor. A bela senhora estava de pé, trajando um vestido branco que lhe cobria até aos pés. Tinha na cintura uma faixa azul, os seus pés estavam ornados de rosas e segurava um belíssimo rosário por entre as mãos.
A pequena Bernadette caiu de joelhos extasiada, tirou o seu modesto avental o terço e começou a rezá-lo. Quando acabou de rezar a última Ave-Maria, a bela senhora desapareceu. Como detalhe, vale lembrar de que a Virgem acompanhou as orações de Bernadette e na hora de rezar o Glória, Nossa Senhora inclina a cabeça em reverência à Santíssima Trindade.
A bela senhora reaparece no mesmo lugar da Gruta de Massabiele, à margem do rio Gave, dois dias depois e também não fala nada. Na terceira aparição, Bernadette oferece à Virgem um papel e uma pena, dizendo-lhe: “Quer ter a bondade de por seu nome por escrito?”; Nossa Senhora responde: “Não é necessário”, e faz-lhe um convite: “Queres ter a gentileza de vir aqui durante 15 dias?”. Depois disse a Bernadette: “Não te prometo fazer feliz neste mundo, mas sim no outro”.
Na aparição do dia 19, os demónios começaram a gemer e uivar de um modo terrível, ao que Maria apenas levantou a cabeça e as vozes cessaram.

Na sexta aparição, Nossa Senhora diz: Rezai a Deus pelos pecadores”.
Na sétima e na oitava, repete por três vezes: “Penitência”.
Na nona aparição, Bernadette cava a terra com as mãos, bebe aquela água lodosa, come das ervas amargas (obs.: no local onde Bernadette cavou, nasceu a fonte milagrosa das águas de Lourdes).
Na décima aparição, Nossa Senhora diz: “Ide beijar a terra em sinal de penitência pelos pecadores”.
Nos 11º e 12º dias, a multidão imita Bernadette nos sinais de penitência pelos pecadores.
No 13º, diz a Bernadette: “Vai dizer aos sacerdotes que se venha aqui em procissão e que se construa uma capela”.
No dia 25 de Março de 1858, diz: “Eu sou a Imaculada Conceição”. Apareceu ainda duas vezes e depois não falou mais nada.
Nossa Senhora falou pouco, porém o essencial:
Rezar principalmente o Rosário e fazer penitência pela conversão dos pecadores.
E assim nossa Mãe nos deixa, mais uma vez, a mensagem do amor de Deus e a sua preocupação em nos reconduzir ao coração de seu filho Jesus através da oração e da penitência.
Em Lourdes Nossa Senhora deu celestial confirmação ao dogma da Imaculada Conceição, que fora proclamado em 1854 pelo Bem-aventurado Papa Pio IX. O dogma estabelece uma superioridade absoluta da Santíssima Mãe de Deus, que jamais foi atingida nem sequer por sombra do pecado original desde o primeiro instante da sua concepção. Diferentemente dos demais mortais, que carregam a pesada herança de Eva.
Em Lourdes, a Virgem Imaculada que esmaga perpetuamente a cabeça da serpente infernal está continuamente a apontar-nos para a vitória sobre o orgulho revolucionário. Promessa de vitória que Ela mesma veio renovar em Fátima, anunciando o triunfo do seu Imaculado Coração. E isto após tremendas peripécias que poderão deixar o mundo num estado que lembrará uma cidade devastada, mas no qual o manto da misericórdia divina se estende sobre as almas penitentes e felizmente convertidas.
  

sábado, 3 de março de 2012

A TRANSFORMAÇÃO DO MUNDO PELA ORAÇÃO E A PENITÊNCIA!
Eis a graça que caracteriza a mensagem da Imaculada em Lourdes: lavar-nos na água, a fim de ressurgirmos do pecado para uma vida nova.
Lourdes se refere à cidade francesa onde a Mãe de Jesus Cristo fez várias aparições no ano de 1858 a "uma menina de 14 anos, Bernadete Soubirous, ingênua e humilde, que não sabia ler e escrever direito.
No dia 11 de fevereiro de 1858, Bernadete, uma irmã e uma vizinha foram à região de Massabielle "catar gravetos e galhos para queimar e ossos descartados para fazer sopa..."
Devido ao frio, a vidente asmática se separou das outras duas meninas, que passaram por uma torrente descalças. Ao recolher lenha diante do rochedo, ela viu no meio da gruta "uma luz suave", dentro da qual apareceu... Uma linda senhora com as faces radiantes, vestida de branco, com uma faixa azul, toda sorridente. Recitou com Bernadete um terço, fazendo uso do rosário que carregava sempre consigo.

Apesar da proibição inicial dos pais, a adolescente retornou à gruta três dias depois com as mesmas duas testemunhas e outras sete meninas. A vidente levou e aspergiu água benta no rochedo - o que fez Nossa Senhora sorrir. Na terceira visita, esta lhe pediu: "Quer ter a bondade de vir aqui durante quinze dias? Não lhe prometo a felicidade neste mundo, mas no outro"
 Durante as aparições, a Senhora pediu [a Bernadete] para que se rezasse pelos pecadores e convidou os fiéis à penitência!
A Senhora "convidou-a a beber numa fonte, indicando-lhe o lugar. Bernadete arranhou a superfície da terra e começou a verter água que se tornou uma fonte milagrosa. No dia seguinte, a fonte estava produzindo 25 mil galões de límpida água doce a cada 24 horas.
Mais de 7.000 curas milagrosas já foram registradas em Lourdes sem explicação pela ciência humana.
A  aparição de Nossa Senhora aos 3 pastorinhos em Fátima, foi durante uma guerra mundial e ela anuncia o mal que o comunismo levaria ao mundo e confirma sua presença com o milagre do sol presenciado por mais de 70.000 pessoas.
Nossa Senhora aparece a três crianças analfabetas, numa cidade de interior, podemos até dizer que era a periferia do mundo. O céu sempre escolhe o mais fraco para confundir os 'fortes' e grandes deste mundo!
O grande segredo de Fátima está nisso, se nós rezarmos, se nós fizermos penitência acontecerá em nós uma mudança e o reino de Deus virá habitar em nós.
O triunfo do imaculado coração de Maria, é essa presença do Reino de Deus no meio a nós. 
Nossa Senhora está dizendo que o mundo pode mudar, em pleno século XX e que viria duas potências que trouxeram a morte de tantas pessoas: o nazismo e o comunismo.
 Precisamos deter com auxílio de Nossa Senhora através da oração, da reza do ROSÁRIO e da penitência esse monstro que é o mal e que quer nos destruir através principalmente de tantos líderes políticos que dominam o mundo hoje. 
Nossa Senhora nos mostra o caminho dizendo que não haverá um mundo melhor se antes a mudança não acontecer no nosso coração. O mundo não será melhor se o meu coração não for melhor. 
Deus não vai triunfar no mundo de antes Ele não triunfar no meu coração. Não diga eu não faço diferença, eu sou pequeno demais, você pode fazer muito com o seu pouco pois Deus escolhe os pequeninos.
Um dia se Deus quiser, chegaremos ao céu e vamos enxergar aquilo que aqui é invisível.
Lá vamos ver que as nossas boas ações nesse tempo tiveram seus frutos.
Jesus Cristo, que quis permanecer nove meses cativo no seio puríssimo de Maria, não deixará de atender as súplicas por Ela feitas em favor de seus devotos.
 
A penitência é algo facultativo? - Não. É estritamente obrigatório: "Se não fizerdes penitência, perecereis todos do mesmo modo". (Lc 13,5). PERECEREIS!
E que é penitência? É reparação dos nossos pecados
e os do mundo inteiro, das nossas ofensas e dos outros. Supõe o arrependimento.
"para mortificação do seu corpo, a fim de que a sua alma seja salva no dia do Senhor Jesus" (1Cor 5,5). Com o mesmo temor que sentia o Apóstolo: "Castigo o meu corpo e o mantenho em servidão, de medo de vir eu mesmo a ser excluído depois de eu ter pregado aos outros". (1Cor 9,27).