.

.

domingo, 31 de julho de 2011

QUANDO A FÉ VIRA MERCADORIA
Igrejas e Seitas 'evangélicas' desfiguram o autêntico cristianismo e transformam a fé em meio de exploração estratégicamente voltado para aqueles que buscam soluções rápidas.
É fácil constatar essa verdade, a partir de uma simples caminhada pelas ruas de nossas cidades e nas periferias. Igrejas do tipo empreendimento individual (comércio da fé) que se prolifera e ganha adeptos aos milhares .
Ex: igreja do Pastor fulano, culto de cura e finanças, culto dos empresários, onde abertamente se prega a teologia da prosperidade sem nenhum pudor.
Estratégias que deixam os mais conceituados marqueteiros com inveja, culto dos solteiros, culto dos separados, culto dos endividados, culto das curas divinas onde a moeda de troca é o dinheiro, mas pode ser também, o relógio o anel, o cordão de ouro e até o cartão de crédito ou débito entre outros. Propaganda do tipo: pare de sofrer, venha ser feliz com agente, venha se  libertar de todos os problemas, entre outros, sem falar da igreja tal que inclusive tem como propaganda a foto do individuo que, diga-se de passagem, se auto intitula apóstolo.
Hoje o evangelho da promessa do sucesso financeiro, da casa própria, do carro novo, do apartamento, da conta bancária, da empresa próspera, da saúde e da libertação de todos os problemas, atrai a milhares, por ser, estrategicamente direcionado para uma clientela de homens que, cada vez mais, buscam soluções rápidas e imediatas para problemas, intrínseco a vivencia do homem nesta terra e situações ligado ao desenvolvimento ao capitalismo que privilegia o capital em detrimento ao homem.
Posso citar aqui uma dezena de lideranças ou donos dessas “igrejas” que possuem patrimônio financeiro superior ao de muitos grandes empresários. Bens, como mansões, iates, helicópteros, aviões, rede de telecomunicações, editoras , contas no exterior e empresas que atuam nas mais diversas áreas, são quase que normais e corriqueiras para esse grupo seleto.
 Alguns também trabalham por metas de arrecadação de dízimos e oferta que deixariam qualquer gerente comercial sonhando em ter uma equipe tão focada e eficaz.
É dever de cada um, denunciar esse conluio de mentes astuciosas, demoníacas e maquiavélicas, que, como lobos, arrebanham almas simples, e criam um ambiente de alienação e manipulação de pessoas necessitadas e carentes.
A plenitude da vivência cristã passa pelo crucificado, passa pelo: tomar a cruz e seguir. Cristo veio ao mundo para salvar o homem, visto que,  até o momento da encarnação do verbo,  a eternidade não era uma realidade para o povo, Jesus  do alto da cruz Nos ensinou que é preciso haver um relacionamento de amor, aceitação, desprendimento, perseverança e renúncia no seguimento de Cristo.
 Jesus não promete benefícios nem favores individuais aos que o seguiam, (ver história dos apóstolos, mortes, martírios, decapitação entre outros) mas promete a vida eterna que é o centro e objetivo da vida cristã.  Não negamos com isso os milagres operados na vida de tantos por esse mundo afora, mas, esses milagres sempre são concedidos em virtude a salvação do indivíduo.
Somente o conhecimento e a verdadeira conversão do coração, poderão, libertar os filhos de Deus dessa lógica de mercado, desses balcões de negociação que levam os corações humildes a crer que, doando uma grande quantia financeira, moverão a mão de Deus em seu favor, ou poderão de alguma forma, comprar ou negociar o favor, a graça e a misericórdia divina, ISSO jamais será o cristianismo genuíno pregado nestes dois mil anos e vivido em plenitude por muitos santos declarados ou não pela Igreja de Cristo, UNA, Santa, Católica e Apostólica.

sábado, 30 de julho de 2011

"APENAS O FILHO INSENSATO DESPREZA SUA MÃE" (Pr. 15,20)
Desprezar Maria porque ? Deus se fez humano através dela para te salvar!
Nós católicos temos a graça de ter uma mãe adotiva lá no Céu, que é Nossa Senhora. Dizer que acreditamos em Jesus não basta, pois a nossa fé não deve ser firmada sobre a ingratidão para com Nossa Senhora. Ela á Mãe de DEUS feito HOMEM.
Como é possível haver pessoas que se dizem cristãs e não têm o menor respeito para com Nossa Senhora.Basta ter raciocínio para chegar na conclusão de que quem despreza a mãe despreza o filho,e quem despreza Maria despreza Jesus,e as inúmeras blasfêmias que eu já ouvi da boca de muitos de nossos irmãos protestantes me convencem do tamanho ódio que não só eles,mas muitas pessoas tem contra Nossa Senhora.
Isabel, cheia do Espírito Santo proclama em alta voz: "Bendita és tu entre as Mulheres..." (Lc. 1,39) 
Quem é conduzido pelo verdadeiro Espírito Santo de Deus reconhece as grandezas de Maria e proclama em alta voz suas graças.
Quanta diferença vemos na atitude de Isabel conduzida pelo Espírito Santo, e a atitude de muitos "cristãos" que, com bíblias debaixo dos braços apedrejam Maria, rebaixam sua glória e desprezam sua figura na Igreja, muitas vezes colocando outros personagens bíblicos em maior destaque do que ela, que gerou em sua carne o próprio verbo, razão de ser do cristianismo.
Odiar Nossa Senhora por quê? Por Ela ter dito sim ao projeto de Deus que era se fazer humano através Dela para me salvar e para te salvar? Escrevo isso para que todos saibam que Nossa Senhora merece nosso carinho e como dizia o reformador Martinho Lutero, 'Maria é digna de suprema honra na maior medida'
Só ela e mais ninguem foi chamada a unir seu sofrimento na carne e no coração às dores da Paixão do Senhor!
por isso nossa CO-Redentora, unida a Cristo, no nascimento, no sofrimento e na glória! o que o filho sofria no corpo, ela sofria na alma!  (Lc.2,35)
 O grau de parentesco 'mãe'  é muito forte ! Mãe é algo sagrado até mesmo em países não-cristãos.Católicos e ortodoxos,também nossos irmãos do Islamismo sabem muito bem disto,destacam o papel de todas as mães para a sociedade,mas destacam mais ainda,com mais importância,o papel de Maria Santíssima como Mãe de Cristo para a economia da salvação.
Negar a importância de Nossa Senhora para o Cristianismo é irracional e injusto.Para que o mundo tivesse um Senhor,uma senhora o educou,o amamentou,o salvou da morte pelas mãos de Herodes.Nossa Senhora foi fiel ao seu Filho-Deus até o fim,no pé da cruz.
´Quem são todas as mulheres,servos,senhores,reis,príncipes e monarcas da Terra comparados com a Virgem Maria,que nascida de descendência real é além disso Mãe de Deus,a mulher mais sublime da Terra?' (Lutero)
Essas pessoas que dizem blasfêmias contra Nossa Senhora,inclusive os protestantes,correm o sério risco de terem um acerto de contas mais sério ainda com Nosso Senhor Jesus Cristo,pelo simples fato de desrespeitarem a Mãe de Deus,a Mãe do Filho do Homem.
  E não fiquem pensando que só porque a salvação vem de Jesus,que temos que deixar Nossa Senhora de escanteio,pois uma pessoa que diz ´´Eu amo Jesus``,mas não tem nenhum respeito para com a Igreja,com os santos e Nossa Senhora é mentiroso e engana a sí próprio.Amar Jesus e Nossa Senhora é o fundamento de nossa fé: Amar a Deus e amar a Mãe de Deus.

terça-feira, 26 de julho de 2011

SANTA ANA - MÃE DA VIRGEM MARIA
26 DE JULHO
Santa Ana ou Sant'Ana foi mãe de Maria, PORTANTO a avó de Jesus Cristo.
Sant'Ana, cujo nome em hebraico significa 'graça', pertencia à família do sacerdote Aarão e seu marido, São Joaquim, pertencia à família real de Davi.
Os dados biográficos que sabemos sobre os pais de Maria foram legados pelo Proto-Evangelho de Tiago, obra citada em diversos estudos dos padres da Igreja Oriental, como Epifânio e Gregório de Nissa.
Seu marido, São Joaquim, homem pio fora censurado pelo sacerdote Rúben por não ter filhos. Mas Sant’Ana já era idosa e estéril. Confiando no poder divino, São Joaquim retirou-se ao deserto para rezar e fazer penitência. Ali um anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces. Tendo voltado ao lar, algum tempo depois Sant’Ana ficou grávida. A paciência e a resignação com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prêmio de ter por filha aquela que havia de ser a Mãe de Jesus.
Eram residentes em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, onde hoje se ergue a Basílica de Santana; e aí, num sábado, 8 de setembro do ano 20 a.C., nasceu-lhes uma filha que recebeu o nome de Miriam, que em hebraico significa "Senhora da Luz", passado para o latim como Maria. Maria foi oferecida ao Templo de Jerusalém aos três anos, tendo lá permanecido até os doze anos.
A devoção aos pais de Maria é muito antiga no Oriente, onde foram cultuados desde os primeiros séculos de nossa era, atingindo sua plenitude no século VI. Já no ocidente, o culto de Santana remonta ao século VIII, quando, no ano de 710, suas relíquias foram levadas da Terra Santa para Constantinopla, donde foram distribuídas para muitas igrejas do ocidente, estando a maior delas na igreja de Sant’Ana, em Düren, Renânia Alemanha. São João Damasceno, ao escrever sobre o Natal, deixa claro que São Joaquim e Santa Ana são os pais de Maria.
Em 1378, o Papa Urbano IV oficializou seu culto . Em 1584, o Papa Gregório XIII fixou a data da festa de Sant’Ana em 26 de Julho, e o Papa Leão XIII a estendeu para toda a Igreja, em 1879.Em França, o culto da Mãe de Maria teve um impulso extraordinário depois das aparições da santa em Auray, em 1623.

sábado, 23 de julho de 2011

MARIA IRRADIA A LUZ DE CRISTO
Maria ao dizer seu "sim" incondicional ao convite de Deus, introduz no mundo o Verbo Divino, Jesus Cristo.
Não apenas os anjos e santos nos céus, mas também nós os pecadores glorificamos com confiança todos os dias a tão excelsa mãe. Não podia portanto, a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, calar-se a respeito da mais sublime de suas criaturas.
 Entrando o anjo disse-lhe: ‘Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo’ ( Lc 1, 28 )
Se Maria Santíssima tivesse sido gerada com o pecado herdado de Adão ou tivesse qualquer pecado pessoal, o Arcanjo Gabriel teria mentido chamando-a de "cheia de graça". Pois, onde existe esta "graça transbordante" não pode coexistir o pecado.
Como podia o Santíssimo Deus, Jesus Cristo ser depositado num receptáculo que não fosse digno dEle? Pois ele mesmo testemunha no Evangelho, que não se coloca vinho novo e bom em odres velhos e defeituosos ( conf. Lc 5, 37 ). Eis porque o Criador elevou Maria, este "Vaso Insigne de Devoção" a tão grande santidade.
Maria iniciou com sua sagrada gravidez o restabelecimento da concórdia entre Deus e os homens conforme está escrito: "Por isso, Deus os abandonará, até o tempo em que der à luz aquela que há de dar à luz" ( Miq 5,2 ).
"Doravante TODAS AS GERAÇÕES me chamarão bem-aventurada" ( Lc 1, 48 )
Os santos proclamam a profunda intimidade dela com a Santíssima Trindade: Filha de Deus Pai, esposa do Espirito Santo, mãe de Deus Filho! O Espírito Santo profetiza pelos lábios de Maria, que daquele momento em diante de geração em geração, isto é, para sempre, todos os cristãos proclamariam sua bem-aventurança. Feliz religião que a enaltece e a glorifica! Felizes os seus filhos que exaltando-a e enaltecendo-a cumprem fielmente esta profecia.
Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Todo aquele que faz a vontade de meu Pai, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe’. ( Mt, 47. 49-50 )
Alguns, que ainda não amam suficientemente a Santíssima Virgem, usam estes versículos acima justamente contra ela, tentando convencer-nos de que Jesus a teria desprezado naquele momento. Esses "estudiosos da Bíblia" esquecem que Jesus jamais desprezaria sua mãe, conforme ensina o próprio Espírito Santo:
"Apenas o filho insensato despreza sua mãe" (Pr 15, 20 ).
E assim, com esta interpretação desastrosa, que espalham ardorosamente, ofendem não apenas a boa Mãe, como blasfemam contra Jesus Cristo, como se o mesmo fosse violador do sagrado mandamento: "Honra teu Pai e tua Mãe" ( Ex 20,12 e Deut 5,16 ).
"Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida de sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas" ( Ap 12, 1)
No Apocalipse, João contempla nesta visão três verdades: a Assunção de Nossa Senhora, sua glorificação, sua maternidade espiritual. Ela, a mulher se reveste da glória do filho (o sol) e irradia essa luz em torno de si.
O apóstolo a contempla revestida de sol, já estabelecida na glória prometida pelo seu Filho, quando diz "Os justos resplandecerão como o sol" ( Mt 13,43 ). Confirma incontestavelmente sua realeza espiritual, pois a mesma se apresenta coroada com doze estrelas, símbolo das doze tribos de Israel e dos doze apóstolos. Portanto Rainha do Antigo e do Novo Testamento.
 Outros contestam, dizendo que esta mulher é símbolo da Igreja nascente. Mas, a Igreja nunca esteve "grávida" de Jesus Cristo! Antes, foi Cristo que gerou a Igreja, foi ele que a estabeleceu e a sustenta.
Maria uma vez tendo introduzido o Cristo no mundo, depois tendo inaugurado seu ministério nas bodas de Caná, agora intercede, introduzindo e inaugurando a ação do Espírito Santo sobre a Igreja. Eis a mãe da Igreja com seus filhos!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

ALERTA: PERSEGUIÇÃO AO CATOLICISMO!
VOLTAMOS AOS TEMPOS DE NERO?
Essa imagem é forte e chocante mas infelizmente não é única. Muitos cristãos sofrem nos países muçulmanos. Este artigo não é para fomentar nada de ódio contra os islâmicos mas para fazer pensar e reagir.
Este tipo de ódio tem origem meramente humana? Não é bem visível que este ódio tem fontes demoníacas?
Para além de provavelmente terem violado esta mulher cristã, os muçulmanos arrancaram o seu coração e inseriram um crucifixo na sua boca. Era mesmo preciso esta violência toda, ou isto foi feito com o propósito de mandar uma mensagem aos Cristãos?
Enquanto isto, aqui, no ocidente damos total e plena liberdade de culto a esses hereges e ainda admiramos seus costumes, enquanto lá, os cristãos são proibidos mesmo de andar nas ruas portanto uma bíblia ou o Rosário.

ATAQUE A BOMBA NUMA IGREJA CATÓLICA DO NEPAL

 A explosão de uma bomba durante uma missa matinal em uma Igreja Católica do Nepal deixou pelo menos dois mortos e outros 13 feridos. Entre as vítimas fatais está uma adolescente de 14 anos. 
O que podemos ver hoje é que todos falam mal da Igreja Católica e a criticam de diversas maneiras possíveis por suas decisões em favor da vida e da paz.
O Papa e a Igreja estão totalmente imbuídos no diálogo entre as religiões, para que aja compreenção e respeito mutuo, se nós os respeitamos em nosso território onde somos maioria, por que não nos respeitam em seu território onde eles são maioria? Temos que acabar com os falsos religiosos que usam religião como alvo e escudo para atingir seus objetivos políticos e financeiros.
Depois, ateus marxistas nas escolas vem falar mal das Cruzadas (onde os cristãos somente foram defender o Santo Sepulcro da violência muçulmana e dos ataques muçulmanos) e da "Inquisição" mas os espertinhos não falam quase nada do massacre que os muçulmanos fazem com os cristãos até hoje.
A Igreja não pode ficar indiferente à perseguição anticatólica!
De que lhes valeria patrocinar no mundo inteiro a fundação de hospitais,escolas e orfanatos se, indiferente aos seus próprios mártires, desprezasse, soberba, o sangue derramado pela Fé Católica e que, segundo a Bíblia, brada aos Céus?
Sempre vou ser contra ao ecumenismo de mão única e ao diálogo interreligioso que não passa de bate papo com herege. Quer diálogo? Vai pagar um psicanalista!
Nossa Igreja e nós somos humilhados, insultados e mortos  e nada é dito pela mídia mundial.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

MARIA E OS PROTESTANTES
“Creio que Jesus foi feito homem, unindo a natureza humana à divina em uma só pessoa; sendo concebido pela obra singular do Espírito Santo, nascido da abençoada Virgem Maria que, tanto antes como depois de dá-lo à luz, continuou virgem pura e imaculada.”
(John Wesley, fundadador da Igreja Metodista, em carta dirigida a um católico em 18.07.1749)
Se honramos apóstolos e arcanjos e deles esperamos que sejam nossos guias no caminho, usando seus nomes para denominar comunidades e igrejas nossas, então, como é que poderíamos excluir Maria, que está ligada a Jesus como a primeira e mais íntima e que andou com Ele o caminho da cruz?
As Igrejas Evangélicas (protestantes) deixaram de lhe prestar honra e louvor, receando com isto reduzir a honra devida a Jesus. Mas o que acontece é o seguinte: toda honra autêntica dirigida aos discípulos de Jesus e também à Sua mãe aumenta a honra do Senhor. Pois foi Ele, só Ele, que os elegeu, os cobriu com Sua graça e fez deles Seu vaso de eleição. Por sua fé, seu amor e sua dedicação para com Deus, é Deus colocado no centro das atenções e é glorificado.
 No dizer de Lutero, quando escreve a introdução ao Magnificat – nos pode servir de exemplo: ‘A delicada mãe de Cristo sabe ensinar melhor do que ninguém – pelo exemplo de sua prática – como devemos conhecer, louvar e amar a Deus…’
Sabemos ou deveríamos saber que as curas de Lourdes e Fátima são examinadas com elevado rigor científico por médicos católicos e não-católicos. Qual é, pois, o sentido profundo destes milagres no plano de Deus?
 Por que um cristão evangélico pode ter o direito de ignorar tais realidades pelo fato de se apresentarem na Igreja Católica e não na sua comunidade religiosa? Tais fatos não deveriam, ao contrário, levá-los a restaurar a figura da Mãe de Deus na Igreja Evangélica?
Não deveremos talvez abrir o nosso coração a esta luz que Deus faz brilhar para a nossa salvação? Tal problema evidentemente merece exame, não deve ser afastado de antemão, por preconceito, pelo único motivo de que tais curas são apresentadas pela Igreja Católica.
Poderia acontecer que, rejeitando ou ignorando a mensagem que Deus nos faz chegar através de Maria, estejamos recusando a última graça que ele nos oferece para a nossa salvação.
Sufocando no coração dos evangélicos o culto da Virgem, destruíram os sentimentos mais delicados da piedade cristã. No seu Magnificat, Maria declara que todas as gerações a proclamarão bem-aventurada até o fim dos tempos.
Todos nós verificamos que esta profecia se cumpre na Igreja Católica e, nestes tempos dolorosos, com intensidade sem precedentes.
 Na Igreja Evangélica, tal profecia caiu em tão grande esquecimento que dificilmente se encontra algum vestígio da mesma. Ainda uma vez estas reflexões nos impõe o dever de examinar os fatos acima citados e de tirar dos mesmos todas as conclusões pertinentes.

sábado, 16 de julho de 2011

QUE CAMINHO SEGUIR ?
 TODAS AS RELIGIÕES SÃO BOAS ?
Está cada vez mais freqüente o número de pessoas que ficam TROCANDO de religiões como se trocasse de roupa ou como se deixasse algum objeto danificado de lado. Também existe o fenômeno que faz com que adeptos descontentes com a sua atual religião saiam e fundem uma outra. E nessa brincadeira de: Descontentar, sair e criar... Já são mais 30 mil denominações cristãs no mundo todo, mais de 4 mil delas no Brasil, essa confusão na alma e no coração foi gerada pela Reforma Protestante em 1517 e cuja primeira divisão no cristianismo feita por Martinho Lutero deu inicio a esse processo que dilacera e conduz ao erro milhões de almas!
O Papa Bento XVI está, insistentemente, denunciando o que ele chama de “Relativismo Religioso”.
O relativismo diz que existe uma verdade para cada pessoa, ninguém conhece a verdade absoluta, pois a verdade é particular de cada ser. O relativismo chega a pregar que não existe verdade única, diz que existem várias verdades.
Isto não está certo. A verdade é apenas uma, por mais que eu conte outra versão e conte a minha idéia a verdade é imutável. Senão não seria verdade, mas meia-verdade!
Existe uma Verdade e esta Verdade é Cristo, que disse “Eu sou o Caminho a VERDADE e a Vida”.
E a Igreja, como diz São Paulo, é o sustentáculo desta Verdade, ou seja, ela que tem o dever de sustentar esta Verdade para o mundo, ela tem o dever de pregar esta Verdade aos que não crêem.
E como então certos católicos desprezando a missão de Cristo, dizem que todas as religiões são verdadeiras?
Assim estamos traindo a Cristo, que fundou UMA SÓ Igreja e disse UMA SÓ VERDADE (Mt. 16, 17-18).
Será mesmo que todas as religiões são iguais? Todas tem o mesmo valor? Todas levam ao mesmo caminho? Deviria existir apenas uma única crença? Uma única religião?

 


domingo, 10 de julho de 2011

BELEZA E HARMONIA DE UM SANTUÁRIO MARIANO
O Santuário de Nossa Senhora da Penha no Rio de Janeiro-Brasil - é um oásis de Paz no meio do caos de uma grande cidade.
É um lugar sagrado, onde as pessoas buscam alimentar a espiritualidade, a fé e ampliar sua devoção.  A grande beleza do Santuário é nos proporcionar estar em um ambiente onde se respira o Sagrado. Situado numa região muito populosa e de grande fluxo de pessoas e de comércio, o Santuário da Virgem da Penha no Rio de Janeiro é um recanto de Paz e harmonia, no coração de uma grande e agitada cidade moderna.
(Foto: RJ Turismo Noticias)
Situado no alto de um grande rochedo, a colina se eleva acima da cidade com uma escadaria de 382 degraus talhada na própria pedra.
 No ano de 1817 um piedoso casal subia a colina quando a esposa, Sra. Maria Barbosa, comentou com o marido que pediria à Nossa Senhora da Penha para interceder por eles para que Deus lhes concedesse um filho, já que estavam casados há alguns anos e não tinham filhos.
 A Sra. Maria Barbosa confiou, pediu e prometeu que se tivesse um filho mandaria esculpir no duro granito do penhasco uma escadaria para facilitar o acesso dos devotos de Nossa Senhora da Penha ao Santuário. No ano seguinte o casal era presenteado com um lindo filho e no ano de 1819 a escadaria estava pronta
Tudo começou no início do século XVII, por volta do ano de 1635, quando o Capitão Baltazar de Abreu Cardoso ia subindo o Penhasco (grande pedra) para ver as suas plantações, uma vez que era proprietário de toda a área no entorno do atual Santuário. De repente foi atacado por uma enorme serpente. Baltazar, que era devoto de Nossa Senhora, quando se viu só e incapaz de se defender, pediu socorro a Nossa Senhora gritando: "Minha Nossa Senhora, valei-me!". Nesse preciso momento surgiu um lagarto inimigo das serpentes, e travou-se uma luta mortífera entre os dois animais. Baltazar por sua vez, não perdeu tempo e fugiu. Depois de se recuperar do susto, Baltazar reconheceu que o lagarto apareceu precisamente no momento em que ele pediu a proteção da Virgem Maria. Agradecido, por tão importante gesto maternal, Baltazar construiu uma pequena capela onde pôs uma imagem de Nossa Senhora.
A devoção à Nossa Senhora da Penha foi se espalhando e cada vez era maior o número de pessoas que visitavam este lugar sagrado e encantador. Umas para pedir e outras para agradecer a sua intercessão.
O capitão Baltazar doou todas as suas propriedades a Nossa Senhora da Penha.
O templo foi ampliado, ganhando duas novas torres, nas quais, mais tarde, foi instalado um carrilhão com 25 sinos de origem portuguesa, adquiridos na Exposição Nacional do 1º Centenário da Independência do Brasil.
Do alto do penhasco do Santuário podemos visualizar o Rio de Janeiro nas suas mais diversas expressões e perceber a presença de Deus que está sempre a nos proteger. Do Santuário é possível contemplar Cristo no Corcovado e assim fazer essa ligação a “Jesus por Maria”.
E Jesus disse a Pedro "... e sobre esta pedra edificarei minha Igreja..." (Mt. 16, 18), instituindo a igreja a qual professamos nossa fé. 
O Santuário de Nossa Senhora da Penha, no alto do rochedo, deve fortalecer a fé dos que vivem na cidade e dos peregrinos que o contemplam, para que não se deixem abater pelo desânimo, pela violência, pelo materialismo e relativismo religioso de nosso tempo.
Maria é a Mãe poderosa que nos livra da Serpente (demônio) que deseja injetar em nosa alma o veneno do mal e do pecado. (Gên.3,15) 
PROCISSÃO DE NOSSA SENHORA DA PENHA DE FRANÇA
O Santuário fica aberto diariamente de 7 as 17 horas - O primeiro domingo do mês é consagrado a Nossa Senhora da Penha. As missas no Santuário são solenizadas com procissão de entrada com a imagem de Nossa Senhora da Penha no andor e no final é dada a bênção do Santíssimo Sacramento da Eucaristia.
A 376ª Festa de Nossa Senhora da Penha terá início no dia 1º de outubro e vai se estender até o dia 30 do mesmo mês. Mas as orações começam no dia 23 de setembro, com a Novena Preparatória.
Santuário de Nossa Senhora da Penha
Largo da Penha, 19 – Penha CEP. 21070-560, Rio de Janeiro, RJ Brasil
Telefone:  3219-6262  - E-mail: faleconosco@santuariopenhario.org.br

sábado, 9 de julho de 2011

NOSSA SENHORA DO MONTE CARMELO
“É este o sinal do privilégio, que alcancei para ti e para todos os filhos do Carmelo. Todos aqueles  que estiverem revestidos  com este hábito, ver-se-ão salvos do fogo do inferno”.
Foi no Monte Carmelo, no litoral palestino, que o Profeta de fogo, Santo Elias, viu a nuvenzinha que, num período de grande seca, prenunciava a chuva redentora que cairia sobre a terra ressequida. Por uma intuição sobrenatural, soube que essa simples nuvem, com forma de uma pegada humana, simbolizava aquela mulher bendita, predita depois pelo Profeta Isaías (“Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho”), que seria a Mãe do Redentor. Do seu seio virginal sairia Aquele que, lavando com seu sangue a terra ressequida pelo pecado, abriria aos homens a vida da graça.
 Dos seguidores de Elias e seus continuadores, de acordo com a tradição, nasceu a Ordem do Carmo, da qual Maria Santíssima é a Mãe e esplendor, segundo as palavras também de Isaías “A glória do Líbano lhe será dada, o esplendor do Carmelo e de Saron” (Is 35, 2).
Da Palestina, os eremitas do Monte Carmelo passaram para a Europa, radicando-se em vários países, entre eles a Inglaterra, onde vivia São Simão Stock.
Simão nasceu no ano de 1165 no castelo de Harford, no condado de Kent, Inglaterra, em atenção às preces de seus piedosos pais, que uniam a mais alta nobreza à virtude.
O menino aprendeu a ler com pouquíssima idade. A exemplo de seus pais, começou a rezar o Pequeno Ofício da Santíssima Virgem, e logo também o Saltério.
Foi também nessa época admitido à Mesa Eucarística, e consagrou sua virgindade à Santíssima Virgem.
Perseguido pela inveja do irmão mais velho, e atendendo a uma voz interior
que lhe inspirava o desejo de abandonar o mundo, deixou o lar paterno aos 12 anos, encontrando refúgio numa floresta onde viveu inteiramente isolado durante 20 anos, em oração e penitência.
Na manhã do dia 16 de julho de 1251, enquanto Simão Stock suplicava com maior empenho à Mãe do Carmelo sua proteção a Virgem lhe apareceu em grande cortejo, e, tendo na mão o hábito da Ordem, disse-me:
“Recebe, diletíssimo filho, este Escapulário de tua Ordem como sinal distintivo e a marca do privilégio que eu obtive para ti e para todos os filhos do Carmelo; é um sinal de salvação, uma salvaguarda nos perigos, aliança de paz e de uma proteção sempiterna. Quem morrer revestido com ele será preservado do fogo eterno".
Além dessa graça específica da salvação eterna, ligada ao Escapulário, Nossa Senhora concedeu outra, que ficou conhecida como privilégio sabatino. No século seguinte, apareceu Ela ao Papa João XXII, a 3 de março de 1322, comunicando àqueles que usarem seu Escapulário: “Eu, sua Mãe, baixarei graciosamente ao purgatório no sábado seguinte à sua morte, e os lavarei daquelas penas e os levarei ao monte santo da vida eterna”
Tem o Escapulário alguma relação com Fátima?
Sim. Após a última aparição de Nossa Senhora na Cova da Iria, surgiram aos olhos dos três videntes diversas cenas. Na primeira, ao lado de São José e tendo o Menino Jesus ao colo, Ela apareceu como Nossa Senhora do Rosário. Em seguida, junto a Nosso Senhor acabrunhado de dores a caminho do Calvário, surgiu como Nossa Senhora das Dores. Finalmente, gloriosa, coroada como Rainha do Céu e da Terra, a Santíssima Virgem apareceu como Nossa Senhora do Carmo, tendo o Escapulário à mão.

Que pensa da razão por que Nossa Senhora apareceu com o Escapulário nesta última visão? — perguntaram a Lúcia em 1950.
É que Nossa Senhora quer que todos usem o Escapulário — respondeu ela.
“E é por este motivo que o Rosário e o Escapulário, os dois sacramentais marianos mais privilegiados, mais universais, mais antigos e mais valiosos.

domingo, 3 de julho de 2011

NOTA DE FALECIMENTO
Padre Steffano Gobbi
+ 29.06.2011
É com profundo pesar que anunciamos a morte de Padre Gobbi, fundador do Movimento Sacerdotal Mariano.
Milão, Itália - Faleceu padre Steffano Gobbi na cidade de Milão, Itália - em 29 de Junho - por volta das 15:00, horário de Roma. Padre Gobbi foi o inicializador do Movimento Sacerdotal Mariano. Ele tinha a graça de ter locuções interiores com Nossa Senhora. O MSM possue hoje milhares de fiéis devotos além de sacedotes e até bispos que buscam em Maria o caminho para Jesus. 
Os Responsáveis farão de tudo para que o corpo esteja em Collevalenza (Itália) para a Missa de corpo presente. Padre GOBBI sempre repetia que o MOVIMENTO SACERDOTAL MARIANO tinha NOSSA SENHORA - o IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA - como a FUNDADORA. Portanto, o MSM deve continuar por todo o mundo com o seu vigor que cresce sempre mais.
Todos nós do Movimento Sacerdotal Mariano estamos de luto pela morte deste ser iluminado que era Padre Gobbi. É com tristeza que recebemos a noticia. Deus o ilumine onde quer que esteja. Vamos continuar o movimento propagando a nossa fé religiosa com Maria.
O Padre Gobbi era doutourado em Teologia Sagrada pela Universidade Pontifícia de Roma e chegou a ser inclusive recebido inúmeras vezes pelo Papa João Paulo II (a quem se reconhecia uma elevada devoção pessoal por Nossa Senhora). O Papa João Paulo II celebrava anualmente uma missa com o Padre Gobbi na sua capela privada no Vaticano.
CORAÇÃO DE MARIA - AURORA QUE ANUNCIA O SOL
A aurora precede o nascer do sol e o anuncia. A aurora traz o dia e o estabelece.
O coração da Virgem foi o primeiro altar sobre o qual Jesus se ofereceu em Hóstia de louvor e sacrifício.
Maria Santíssima traz ao mundo o anuncio jubiloso de uma boa nova: a Mãe do Salvador já está entre nós. Ela é o alvorecer prenunciativo de nossa salvação, o início da obra da Redenção.
O termo "coração imaculado", aplicado a Maria se tornou de uso comum com a definição do dogma da Imaculada Conceição e alcançou seu auge no ano 1942-1952, por causa dos acontecimentos de Fátima, que levaram à consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria, que foi seguido por uma multidão de outras consagrações por instituições e indivíduos.
 Ah! Como devia ser profundo o olhar de Maria para dentro de seu próprio Coração, pois lá, estava Jesus, Verbo Encarnado.
A devoção ao coração de Maria tem o singular privilégio de poder contar com dois textos-chave do Novo Testamento. São eles: "Maria, por sua vez, guardava todas estas coisas, meditando-as no seu coração" (S.Lucas 2,19), "Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração" (S.Lucas 2,51).
Nesses dois textos vemos a profundidade da união de Maria com a Vontade de Deus e a associação do seu coração Imaculado ao de seu Filho.  
A atitude de Maria de meditar e guardar tudo em seu coração nos inspira em nossa fé, quando o golpe das provações e os ventos das tempestades fazem-nos achar que tudo está acabado, devemos nos apoiar na memória do que o Senhor tem feito em nossas vidas.
São João Eudes, nos seus escritos, jamais separa os dois corações de Jesus e Maria. Aliás, durante nove meses, a vida do Filho de Deus feito carne pulsou seguindo o mesmo ritmo da vida do coração de Maria.
Ela, na verdade, trouxe Jesus mais no coração do que no ventre; gerou-o mais com a fé do que com a carne!
 Maria tornou-se, assim, o protótipo(modelo) dos que escutam a palavra de Deus e dela fazem o seu tesouro; o modelo perfeito dos que na Igreja devem descobrir, por meio de meditação profunda, o hoje desta mensagem divina.
Vós sois ó Coração imaculado, a janela, a porta e a cortina, o átrio, a casa e a terra santa. Sois o jardim fechado e a fonte selada que lava os que estão manchados, sois aquela que purifica os pervertidos e a que traz vida aos mortos. Vós sois o palácio do Rei e o trono do Rei. Sois a estrela que brilha no Oriente e que dissipa as trevas no mundo, sois a aurora a anunciar o sol, e o dia que não conhece a noite.
«Salve, oh cheia de graça, o Senhor está contigo! Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto de teu ventre», Jesus Cristo, o Filho de Deus. A Ele a Glória, com o Pai e o Espírito Santo, pelos séculos dos séculos. Amém.
LADAINHA DO IMACULADO CORAÇÃO 
DE MARIA
Senhor, tende piedade de nós
Cristo, tende piedade de nós
Senhor, tende piedade de nós
Deus Pai celestial,
Tem misericórdia de nós.
Deus Filho Redentor do mundo,
Tem misericórdia de nós.
Deus Espírito Santo,
Tem misericórdia de nós.
Santa Trindade, Que sois um só Deus,
Tem misericórdia de nós.
Coração Imaculado de Maria, Mãe de Deus, Rogai por Nós!
Coração de Maria, Amado e escolhido pelo Pai na Criação,
Coração de Maria, Instrumento aliado do Filho na Redenção,
Coração de Maria, Fecundado e abrasado pelo Espírito Santo,
Coração de Maria, Mergulhado na Graça Divina,
Coração de Maria, Morada da Santíssima Trindade,
Coração de Maria, Obra Prima da Divina Providência,
Coração de Maria, Vencedor do Pecado e das Heresias,
Coração de Maria, Sol sem Mácula,
Coração de Maria, Cálice onde repousa o Divino Maná,
Coração de Maria, Sacrário vivo do Altíssimo,
Coração de Maria, Anunciado pelos Profetas,
Coração de Maria, Transpassado pela Espada da dor,
Coração de Maria, Coroado de Espinhos por nossos pecados,
Coração de Maria, Esmagado na paixão de Jesus Cristo,
Coração de Maria, Exultante na Ressurreição do Senhor,
Coração de Maria, Batendo em união ao Coração de Jesus,
Coração de Maria, Escada de Jacó que conduz ao triunfante céu,
Coração de Maria, Fonte inesgotável de pureza,
Coração de Maria, Lírio formoso entre os espinhos,
Coração de Maria, Abismo de Humildade,
Coração de Maria, Espelho Imaculado de Justiça,
Coração de Maria, Saúde dos enfermos,
Coração de Maria, Chave que abre as portas da Misericórdia,
Coração de Maria, Bálsamo perfumado que sara as nossas feridas,
Coração de Maria, Arca incorruptível da Nova e Eterna Aliança,
Coração de Maria, Nuvem que carrega a chuva da graça,
Coração de Maria, Trono Reluzente da Sabedoria,
Coração de Maria, Manancial de todas as virtudes,
Coração de Maria, Vulcão resplandecente de santidade,
Coração de Maria, Oceano de obediência e Amor,
Coração de Maria, Âncora de salvação para a humanidade,
Coração de Maria, Refúgio seguro dos Pecadores,
Coração de Maria, Socorro e Alívio dos que sofrem,
Coração de Maria, Abrigo seguro nas tempestades,
Coração de Maria, Árvore que produz o fruto da vida,
Coração de Maria, Sarça Ardente pelo fogo do Espírito,
Coração de Maria, Arco-Íris de Paz para o mundo,
Coração de Maria, Coluna Inabalável de nossa fé,
Coração de Maria, Torre forte contra o inimigo,
Coração de Maria, Terror dos Demônios,
Coração de Maria, Caminho de unidade para a Igreja,
Coração de Maria, Estrela da Nova Evangelização,
Coração de Maria, Porta luminosa que conduz ao Paraíso,
Coração de Maria, Estandarte dos mártires,
Coração de Maria, Fortaleza dos apóstolos,
Coração de Maria, Alegria e doçura dos anjos,
Coração de Maria, Glória e reverência dos santos,
Coração de Maria, Escudo vitorioso das famílias consagradas,
Coração de Maria, Tesouro dos abrasados Querubins,
Coração de Maria, Chama viva de Amor que purifica a terra,
Coração de Maria, Cujo brilho e esplendor cegam o inferno,
Coração de Maria, Aurora brilhante que anunciais o Sol,
Coração de Maria, Vencedor em todas as batalhas,
Coração de Maria, Que quebrantais o poder do Dragão,
Coração de Maria, Que esmagais a astúcia da antiga serpente,
Coração de Maria, Esperança de todos os Povos, 
Coração de Maria, Forte como um exército em Ordem de batalha,
Coração de Maria, Nossa bandeira de vitória,
Coração de Maria, Que por fim triunfarás,
Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo,
Perdoai-nos Senhor
Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo,
Escutai-nos Senhor
Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo,
Tem misericórdia de nós.
V. Rogai por nós Santa Mãe de Deus
R. Para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo  
Oremos:
 ó Deus, vós que preparastes no Coração Imaculado de Maria
 uma digna morada de teu Filho Jesus Cristo, 
concedei-nos a graça de viver
 sempre conforme a sua vontade e de cumprir seus desejos.
Por Cristo teu Filho, Nosso Senhor. Amém

Fonte-Autor: Lúcio Paulo Gouvea/RJ - BRA 

(Autor do blog Luz de Maria para as Nações 
e Apóstolos de Maria Rosa Mística)
www.apostolosdarosamistica.blogspot.com